Onde o signo se dissolve na sombra – a escrita da teoria depois de Adorno