Neste artigo, pretende-se abordar a questão da participação feminina na revista moçambicana Itinerário (1941-1955), nomeadamente na década de 1940, antes do processo das independências africanas. Entre as várias contribuições, escolheu-se analisar parte da produção de duas mulheres portuguesas, pertencentes à classe média, radicadas em Moçambique, Irene Gil e Maria Sofia Pomba Guerra, podendo estas ser interpretadas como exemplos paradigmáticos de dois olhares contrastantes sobre a missão da mulher na sociedade colonial.

Irene Gil e Sofia Pomba Guerra: vozes de mulheres portuguesas em Moçambique nas páginas de Itinerário / Ada Milani. - In: EX AEQUO.. - ISSN 2184-0385. - ELETTRONICO. - 39:(2019), pp. 137-152. [10.22355/exaequo.2019.39.09]

Irene Gil e Sofia Pomba Guerra: vozes de mulheres portuguesas em Moçambique nas páginas de Itinerário

Ada Milani
2019

Abstract

Neste artigo, pretende-se abordar a questão da participação feminina na revista moçambicana Itinerário (1941-1955), nomeadamente na década de 1940, antes do processo das independências africanas. Entre as várias contribuições, escolheu-se analisar parte da produção de duas mulheres portuguesas, pertencentes à classe média, radicadas em Moçambique, Irene Gil e Maria Sofia Pomba Guerra, podendo estas ser interpretadas como exemplos paradigmáticos de dois olhares contrastantes sobre a missão da mulher na sociedade colonial.
39
137
152
Ada Milani
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
11.adamilani.pdf

accesso aperto

Tipologia: Pdf editoriale (Version of record)
Licenza: Creative commons
Dimensione 227.33 kB
Formato Adobe PDF
227.33 kB Adobe PDF Visualizza/Apri

I documenti in FLORE sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: https://hdl.handle.net/2158/1285320
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus 0
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact